Compartilhe
  • 310
    Shares

como-cobrar-pelo-reiki

Essa é uma dúvida que muitos terapeutas holísticos têm!

Reiki é a energia vital universal, que trata o Ser como um todo.“REI”, energia universal e “KI” força vital.

O Reiki é um método terapêutico complementar, trabalha através da imposição das mãos, busca trazer o equilíbrio espiritual, mental, físico e emocional. Lembrando que essa técnica terapêutica maravilhosa pode ser aplicada tanto em pessoas, animais, plantas, água. Esse método é reconhecido pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Deixamos claro desde o início que não se pode cobrar pela energia Reiki, mas sim, se cobra pelo tempo, habilidade, experiência e dedicação do Terapeuta Holístico. O que é necessário nesses dois pontos é a presença de um equilíbrio, para que haja a valorização do Reiki, tanto de quem recebe a energia, quanto do Reikiano que a aplica.

É certo que o que se cobra não influencia a aplicação da energia Reiki, entretanto, o que pode modificar é o valor que a pessoa que recebe o Reiki pode dimensionar para a técnica terapêutica que está sendo aplicada. Percebe-se que algumas pessoas não são tão receptivas e criam muitas vezes até um sentimento de culpa por receber algo tão bom e não pagar por isso, dessa forma acabam se fechando para energia. Porém, clientes que pagam pelo atendimento, acabam ficando mais abertos e receptivos. A questão aqui não é dizer que o atendimento com a técnica Reiki que é pago gera mais resultados do que o Reiki aplicado de forma gratuita, mas sim que a pessoa que recebe o Reiki não se sente em dívida com o Terapeuta Reikiano. Ou seja, além de ser uma forma de valorizar a dedicação e o tempo do terapeuta holístico, a cobrança do atendimento de Reiki liberta a pessoa do sentimento de dívida.

O Reikiano deverá refletir sobre o valor e o preço do seu trabalho. Buscar oferecer um preço justo, que o faça se sentir bem consigo mesmo, respeitando o valor que dedica ao seu tempo de trabalho. Não deixando de exercer seus princípios e valores. Somente quem aplica o Reiki, sabe o que necessita em troca do seu tempo de vida dedicada àquele atendimento terapêutico. A pessoa que atua como Terapeuta Reikiano também é um trabalhador autônomo, que precisa pagar suas despesas pessoais como, comida, água, luz, imóvel, aluguel e etc. Não necessariamente o Reikiano precisa cobrar um valor financeiro por esse tempo dedicado, a questão é que ocorra uma troca entre o receptor e o Reikiano. Isso para que a energia continue fluindo em ambos.

A maneira mais correta de se trabalhar com essa energia de amor, respeito, dedicação incondicional, é refletir sobre o preço que se deve ou não cobrar, além de não julgar aquele que cobra mais ou menos. Então há sempre que ter esta reflexão. Qual o teu valor, qual o valor do teu trabalho e tempo, qual o preço do seu atendimento terapêutico. O importante é que o terapeuta holístico se sinta bem consigo mesmo, cumpra seus princípios e valores e, que o seu cliente/utente encontre neste profissional a possibilidade de entendimento de sua caminhada.

Esse texto também vale para você, que tem alguma dúvida sobre ser um Terapeuta Reikiano e ter seu próprio Espaço Terapêutico. Hoje o Reiki está no Código de Ocupações Brasileiras, e é legalmente amparado pela lei. Se você quiser, pode se aposentar sendo Terapeuta Reikiano, basta ter a formação, o alvará de funcionamento e contribuir com o INSS para ter a garantia de sua aposentadoria.

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, acesse o site (Portal Terceira Visão), e conheça nossos cursos.

Últimas Postagens

Autorresponsabilidade

Autorresponsabilidade é a capacidade racional e emocional de trazer pra si toda responsabilidade por tudo que acontece em sua vida. Você sabia que é o único responsável pela vida que tem levado? Você está onde se colocou! Como você tem levado a...

Autoperdão

Para você se perdoar, é preciso primeiramente se livrar da CULPA. A culpa não é o mesmo que arrependimento. O sentimento de culpa, somente irá fazer você sofrer. Assuma o erro e foque no que fazer para ir para frente, compreender o que passou...

3 Passos para buscar o Autoconhecimento

Possuímos diversos comportamentos automatizados que não nos damos conta. São estratégias que desenvolvemos em diversas situações e que nos atrapalham em outras. Um exemplo clássico é a procrastinação. Adiar uma situação que deixa você ansioso é...

6 Dicas para Desenvolver sua Autoconfiança

1 - RESISTA AOS PENSAMENTOS NEGATIVOS Toda vez que um pensamento negativo surgir, faça o exercício de mudá-lo para o positivo. Com essa prática, você irá reacostumar seu cérebro a pensar sempre de uma maneira positiva sobre o que acontece no...