Compartilhe

autoconfianca

1 – RESISTA AOS PENSAMENTOS NEGATIVOS

Toda vez que um pensamento negativo surgir, faça o exercício de mudá-lo para o positivo. Com essa prática, você irá reacostumar seu cérebro a pensar sempre de uma maneira positiva sobre o que acontece no seu dia a dia.

2 – SAIBA ONDE QUER CHEGAR

Conhecer os seus objetivos é essencial para alimentar a sua autoconfiança e se tornar alguém mais propenso a atingir o Sucesso. Você deve saber o que quer e onde deseja chegar, e calcular as suas ações de maneira que estas se adequem aos propósitos pretendidos. Para tanto, é importante que cultive quatro características: energia positiva, confiança em sua própria capacidade, bom humor e habilidade de pensar por conta própria. Além disso, tenha clareza sobre o que é Sucesso para você.

3 – EVITE COMPARAR-SE AOS OUTROS

Há poucas coisas tão nocivas para a autoconfiança quanto basear sua avaliação pessoal em realizações alheias. Perceba quantos comentários você faz no seu dia a dia, colocando a própria capacidade em xeque. A autoaceitação é o componente mais importante para manter a admiração que tem por si mesma em alta. Como começar? Admita que não será sempre a melhor em tudo e que está em constante desenvolvimento. De qualquer modo, é mais construtivo usar referências pessoais passadas. Se tiver uma autoimagem clara, saberá como se superar.

4 – ESTIMULE A SI MESMA

Saiba se dar o crédito ainda que os outros não tenham reconhecido seu esforço. Para os momentos em que precisar de um incentivo a mais, relembre conquistas e feedback positivos já recebidos (de amigos, colegas de trabalho, familiares). É um modo de obter coragem para não desistir perante os desafios. Dirija-se a si mesma com orgulho e concentre-se nas suas virtudes. O ideal é que as afirmações sejam sempre nos tempos presente ou futuro e em formato afirmativo. Ao invés de dizer “não vou mais fazer isso”, tente “vou fazer isso de tal maneira, pois me trará resultados melhores”.

5 – TREINE SUA LINGUAGEM CORPORAL

Sua postura pode sinalizar segurança, credibilidade e tranquilidade, convencendo os outros e, de quebra, turbinando a confiança em si mesma. Olhe nos olhos, evite ficar com os braços cruzados e mantenha sua expressão sempre com um sorriso para si mesma.

6 – SAIA DA ZONA DE CONFORTO

É natural torcer o nariz para qualquer atividade pouco familiar. Mas pode existir algo além de uma preguiça ocasional nesse gesto: medo de falhar. Quando reagimos assim, não realizamos uma fração daquilo que somos capazes. Entenda que o erro faz parte do processo de aprendizagem e não deve ser visto apenas como fracasso. Desafie-se, com o tempo, se sentirá mais segura ao fazer coisas até então inéditas para você.

Últimas Postagens

Autorresponsabilidade

Autorresponsabilidade é a capacidade racional e emocional de trazer pra si toda responsabilidade por tudo que acontece em sua vida. Você sabia que é o único responsável pela vida que tem levado? Você está onde se colocou! Como você tem levado a...

Autoperdão

Para você se perdoar, é preciso primeiramente se livrar da CULPA. A culpa não é o mesmo que arrependimento. O sentimento de culpa, somente irá fazer você sofrer. Assuma o erro e foque no que fazer para ir para frente, compreender o que passou...

3 Passos para buscar o Autoconhecimento

Possuímos diversos comportamentos automatizados que não nos damos conta. São estratégias que desenvolvemos em diversas situações e que nos atrapalham em outras. Um exemplo clássico é a procrastinação. Adiar uma situação que deixa você ansioso é...

Sobre o Halloween e Seus Símbolos

O Halloween chega e, com ele, diversos símbolos são utilizados em imagens, decoração e até mesmo em roupas e fantasias. Porém, estes símbolos, muitas vezes, são mal interpretados e fazem o Halloween parecer algo negativo, que atrai más...

8 Passos para Desenvolver a sua Inteligência Emocional

A inteligência emocional se traduz na possibilidade do ser humano de aprender a lidar com as próprias emoções e usufruí-las em benefício próprio. Aprender, também, a compreender os sentimentos e comportamentos do outro. Esta capacidade pode evoluir e...